04 julho 2009

A caixinha das recordações* #3


Foi num dia de Inverno que se viram pela primeira vez. Apesar de tudo, o sol brilhava. Trocaram sorrisos e algumas palavras. No dia seguinte conversaram um pouco mais. Descobriram coisas um do outro, passearam juntos. Eram, talvez, bons amigos. Davam risadas juntos. Divertiam-se juntos. Até ao dia em que se aproximaram demasiado, e os seus lábios se encontraram. Afastaram-se. Tinha sido demasiado. Não percebiam o que se estava a passar. Ficaram tensos, o ambiente pesado. Trocaram poucas palavras. Foram-se embora. Não se falaram mais.
Voltaram a encontrar-se. O sol brilhava. Passados anos, os seus olhares cruzaram-se, numa qualquer rua por ai. Reconheceram-se. Os seus corações saltaram do peito. Depois acalmaram. Firam a olhar-se por escassos momentos. Ela desviou rapidamente o olhar. Não trocaram palavras. E seguiram os seus caminhos...


*Ver aqui e aqui.

4 comentários:

  1. Como duas almas se podem separarão facilmente! ;)
    Talvez num futuro próximo (um num futuro mais distante) Eles se voltem a encontrar e dessa vez... será para ficarem juntinhos e nunca mais se separarem. Isto por um motivo simples: sentiram que não podiam viver afastados, a saudade, a dor...
    mas isto sou eu a ser muito lamechas! Não ligues aos meuus comentários ;)


    beijinho*

    ResponderEliminar
  2. Que história tão profunda e triste...

    ResponderEliminar
  3. Uma história que acontece tanto.
    Gostei :D

    Beijoo

    ResponderEliminar

Vá, diz qualquer coisinha!
Eu gosto de comentários!
:)