27 janeiro 2011

E para dizer que ainda estou viva...

Sim, estou aqui!
Bem sei que tenho andado desaparecida, mas para pessoa preguiçosa que sou sou também extremamente ocupada... Época de exames não dá para mais nada. Mas ainda há as actividades do grupo de jovens, incluindo a angariação de fundos para a JMJ, e a Comissão de Curso LCS, da qual faço parte e estou encarregue da área do Voluntariado. Ora se eu não trato daquilo a que me propus, a malta ainda me faz aí uma espera... De modo que é bom que, mal acabe os exames, me ponha ao trabalho, e fazer alguma coisa de jeito (sim, porque ah e tal exames, mas a verdade é que eu não faço nada de jeito, confesso! Por exemplo agora mesmo devia estar a estudar, visto que tenho exame amanha, e não estou!).
O meu problema é que, além de preguiçosa, odeio estudar! Sim, odeio "marrar"! É que, a meu ver, não se aprende (quase) nada a estudar para os exames (da faculdade; nos do secundário aprende-se porque se está a estudar as mesmas matérias pela enésima vez). Pelo menos falo por mim. Trabalhos de grupo podem dar trabalho (olha a redundância...), mas a verdade é que somos obrigados a aprender, e pessoalmente não me custa nem enerva tanto. Sim, porque isto de crises nervosas em altura de exames é coisa que não falta por aqui por estas bandas. Além de que sinto que é um bocado inútil, uma vez que estudo, passo no exame, e a seguir esqueço. Hmm, não era suposto estarmos num curso para aprender qualquer coisinha? Pois! Eu gosto de aprender, mas não gosto de estudar. Pelo menos assim. Cá para mim devia era haver uma reforma valente no ensino universitário em Portugal!

03 janeiro 2011